Em jogo maluco, Atlético vira e vence Corinthians por 3 a 2

Reprodução Twitter

Um jogo intenso. Domínio da bola por parte do Atlético. Oportunismo do Corinthians. Uma grande partida aconteceu nesta noite, 12, no Mineirão e o Atlético venceu mais uma no Brasileirão, chegando a 6 pontos na competição. O placar de 3 a 2 foi construído em meio a um jogo maluco e virada repentina do Atlético.

O primeiro tempo pode ser resumido por erros individuais e falta de meio-campo por parte do Atlético e oportunismo corinthiano. O time paulista chutou 3 vezes e marcou 2 gols, aproveitando bem os 35% de posse de bola que teve na primeira parte. 

Logo aos 11 minutos de jogo, Guga, ao invés de jogar para lateral, recua mal para Rafael. Sidcley aproveita o erro, encontra Araos que cruza e acha Jô. O centroavante marca de cabeça. 18 minutos depois, aos 29, o Corinthians veio novamente, porém agora pela direita do seu ataque, com Vital que, ao driblar, quebra as linhas de marcação atleticana e encontra Jô. O atacante dá de calcanhar para Araos marcar o 2 a 0.

O Galo criou, finalizou 10 vezes e teve bastante a bola. O ponto fraco do time estava na tomada de decisão. Foi um primeiro tempo ruim dos pontas, válvulas de escape do esquema de Sampaoli. Marrony até que criou algumas chances, acertou a trave, mas os times foram para o vestiário com o placar de 2 a 0 para o visitante Corinthians.

Sampaoli deve ter ido para o vestiário nada satisfeito com o time. Logo no intervalo tirou Marquinhos e Alan Franco e colocou Savarino e o contestado Hyoran. Mas o jogador de confiança de Sampaoli estava iluminado. Logo aos 20 segundos do segundo tempo, Marrony cruza na área e Hyoran quase marca.

O Atlético estava animado e, logo após Jô furar uma chance clara para o Corinthians, o time mineiro chegou em um contra-ataque rápido. De Keno para Savarino, Savarino para Marrony. O centroavante abre em Guga que cruza e encontra Hyoran livre. O meio-campista bate no canto e diminui para o Atlético aos 6 minutos.

O Galo doido de Sampaoli havia voltado para o segundo tempo. 5 minutos depois, aos 11, Hyoran abre em Savarino que ginga e bate no gol. Cássio espalma e Hyoran só empurra para as redes. Era o empate atleticano.

O Corinthians se abateu. Aos 15 minutos, Arana dribla no meio e toca para Nathan. O meio-campista bate de longa distância e faz um belo gol. Era a virada atleticana, com um time dominante, a cara de Sampaoli. A baixa da partida foi a saída do próprio Nathan por lesão.

O restante do jogo foi com amplo domínio do Atlético. Rever até marcou, com assistência de Hyoran, mas o VAR marcou impedimento, em um lance que ainda está sendo discutido.

O Corinthians só foi finalizar no segundo tempo aos 44 minutos. Rafael saiu mal em um cruzamento, Jô cabeceou sem que o goleiro estivesse no gol, mas Rever estava lá para salvar.

O Atlético venceu, dominou o jogo, mas apresentou problemas na saída de bola no 1ºtempo e a organização defensiva não foi das melhores, principalmente no lado direito da defesa, com Rever e Guga um pouco perdidos.

O Galo volta a campo no próximo domingo, às 11 horas, no Mineirão, contra o Ceará.

Números da partida
Atlético Corinthians
55% Posse de bola 45%
25 Finalizações 7
13 Finalizações no gol 5
8 Escanteios 4
3 Impedimentos 1
19 Faltas 11
1 Grandes oportunidades 2
2 Finalizações na trave 0
516 Passes 423
425(82%)
Passes certos 321(76%)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários