Cruzeiro quer o fim antes do meio – por Raphael Prates

Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press

Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press

Adilson Batista saiu do Cruzeiro em decisão que foi adiada mas esperada. O técnico se tornou apenas parte de um problema de um clube que procura resultados para ontem sem nem ter noção do que será hoje.

O Cruzeiro colocou-se na situação de querer o gol sem ter a bola. Tudo para ontem. A dupla de zaga estreou na nona rodada do Mineiro, Adilson mudava o time constantemente entre jogadores que chegavam, jogadores que saíam ou jogadores que estavam para chegar. Tudo muito confuso e problemático.

Dentro do caos, o Cruzeiro não pode esquecer que o futebol é feito de processos e, por mais que as vitórias apareçam, é preciso entender porque venceu, empatou ou perdeu. E isso vai muito além de uma segunda-feira tranquila depois de uma vitória no domingo.

Com ou sem Conselho Gestor, com ou sem presidente, com ou sem técnico, o objetivo do ano é definido e muito claro: ficar entre os quatro melhores da Série B do Campeonato Brasileiro. Estadual ou Copa do Brasil são bônus.

Subir parece difícil porque o Cruzeiro insiste em jogar contra si. Com o mínimo de organização, mesmo começando quase do zero de novo, o clube tem boa chance de acesso. A Série B é muito competitiva mas já foi mais difícil. O problema está exatamente nesse mínimo de organização.

  • Raphael Prates assina a coluna durante as férias de Mário Marra

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Futebol Nacional

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Anderson Salazar

Em Minas Gerais, o rival é o termômetro do outro. Tinha que usar o mineiro pra ver o que a base pode oferecer e contratar pra série B apenas os jogadores que chegam pra resolver. Ganhar campeonato mineiro é o mesmo que nada. Nossos dirigentes precisam descer da arquibancada.

Wemerson Rodrigues

A questão não é os resultados, é o péssimo futebol apresentado, diante do péssimo Coimbra o Cruzeiro não deu um chute a gol. Time sem padrao, sem jogadas, sem gana, equipe desorganizada. Uma coisa horrorosa

Fabio Cardoso

Cobrar padrão de jogo de um time no qual o treinador recebeu as contratações tem 7 dias é impossível…

CLAUDIO SANTOS

Falou bonito. Mas, valorizo o Mineiro sim. Valorizo até o mundial de futsal. Tudo dependeu dos Atletas que treinam, trabalham, se dedicam e fazem história. Quem não conhece o Falcão. Fez hidtoris no futsal e campeão mundial. Assim como o Frlipe é hiper campeão vo volei.

Marcelo Viana

Perfeito! O Adilson pagou não só pelos seus erros, mas principalmente pelos erros anteriores de outros. Não importa se ele é bom ou ruim, podia ser o Jesus, o Mourinho, o Luxemburgo dos bons tempos, ninguém conseguiria muito mais no meio dessa bagunça. Escolheram um para Cristo e focam a discussão nele o tempo todo. Crucificar é um hábito que não começou hoje, vem de longe.

Fabricio Tadeu

Você tem coragem de defender Adilson Batista? Péssimo treinador, são 11 anos de fracasso onde passou. Cruzeiro tem sérios problemas no elenco mas o treinador é pífio, não organizou o time contra adversários infinitamente piores (São Raimundo, Coimbra, Boa, Uberlandia, Patrocinense).

Rogerio

exato

the rálk

exato

Marcelo

Só não pode é fechar essa Bosta. 2020 promete muita risada…..

CLAUDIO SANTOS

Ele, o Cruzeiro, já esta no fim. Acabou. Mude pra Real, afinal, ja foi ypiranga. Mas cuidado, tem um Real muito valorizado e outro caindo nas tabelas.

CLAUDIO SANTOS

Adilson Batista em entrevista a ESPN disse que é da República de Curitiba. Fala Zezé. Agora as coisas serão esclarecidas. Morô? Vamos aguardar.

peers2gf

Adilson é ex-técnico desde 2010.

Duval Emilio

YUSTRICH, Esse se fosse vivo dava jeito nessa cambada de vagabundos que se tornou esse clube. Não tem presidente, Diretor, jogadores na verdade nada, totalmente sem comando e virou casa da mãe Joana.

Rogerio

Para mim o pior time do Cruzeiro em todos os tempos foi o de 1981 (mas esse de 2020 está querendo mudar esasa história). Bendelack, Tobby, Tonuinho, Ailton e cia… era uma coisa horrível. Aí chegou o Yustrich em 82, colocou essa porcariada para fora e lançou DOUGLAS, EDUARDO, CARLINHOS, EUGÊNIO… E a base correspondeu. Douglas era um craque.
Agora, quem temos na base ?!?!?! Esses meninos da base não aguentam o Tombense e o Coimbra… QUE BASE HORROROSA !!!!!!!

Emerson Castro

Absurdo mandarem o Adilson embora. Estava fazendo um grande trabalho. O técnico é bom mas o que fazer com um time tão ruim e num clube tão pequeno?

G. Wyller

Ricardo Rezende é o melhor nome pra assumir o Cruzeiro e crescer junto com o time. Conhece os garotos e sabe armar o time.

LHVC

Dívidas na FIFA em dólar e euro, processos trabalhistas pipocando… lá para julho vai começar a atrasar o salário dos jogadores atuais. Será que sobe?