No Galo, promessa de responsabilidade tem de ser cobrada

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

O presidente Sérgio Sette Câmara fez questão de usar o termo “com responsabilidade” ao anunciar a contratação de Alexandre Mattos para gerir o futebol do clube. Ele sabe que há muitas dúvidas em relação à capacidade de honrar as apostas ousadas que o Galo faz em 2020 – e uma das razões para estas dúvidas é a falta de transparência sobre o modelo.

O torcedor sensato, que entende que toda ação tem uma consequência, tem de manter a voz ativa na cobrança por esta transparência. A existência de investidores pressupõe que eles terão algum retorno, tangível ou não. Qual será a contrapartida? Este dinheiro retornará em forma de mais dinheiro, em poder político, em influência nas decisões?

Até agora, Sette Câmara tem se esquivado destas respostas, e precisa oferecê-las o quanto antes. Anos eleitorais em clubes de futebol nem sempre combinam com opções responsáveis.

A contratação de Mattos em si mostra um esforço para atender às demandas de Jorge Sampaoli por um elenco capaz de competir na parte alta da tabela. O dirigente tem histórico positivo na montagem de elencos, com bons resultados – e conhece bem o que é o trabalho em um clube onde há poderes paralelos entre diretoria e investidores.

A quem se importa com o clube, caberá o papel de não flexibilizar a cobrança de responsabilidade de acordo com os resultados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Futebol Nacional

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Atleticano Chato

Sette Camara é um fracassado covarde mentiroso
Não adianta tentar cobrar, o cuzudo comprou a imprensa e as torcidas organizadas

CLAUDIO SANTOS

Fracassado onde cara. Pode dar certo. Na vida profissional dele é um renomado Advogado. No Galo vai acertar, com certeza.

Atleticano Chato

Dois anos e três meses passando vergonha, caindo na lábia de falsos diretores de futebol e dando o cu pra treinadores medíocres.

Grandes merdas ser advogado

Celso Tavares

que se lasquem pra la, clube cheio de divida achando que vao mudar de patamar em 2 anos, vao é se afundar em mais dividas isso sim.

CLAUDIO SANTOS

Isto é o que vc pensa. Começaremos as obras do Estádio ainda neste ano. Outros Atletas virão. O Sérgio vai acertar. Torço por ele. É muito sensato. Só que se a bola não entrar não tem jeito. Bola pra frente Galo. Somos imortais. Já estivemos no fundo do poço. Mas, hoje vislumbro uma luz. Não é Jesus.

Celso Tavares

kkkkkkkkkkkk amigo isso tudo até agora não passa de desejo, se vcs fracassarem nesses 2 anos, o estádio vai ser um fiasco sem contar que essas receitas do estádio provavelmente ja tem dono(investidores) ou ta achando que vao ficar doando dinheiro sem contrapartida ?

CLAUDIO SANTOS

Cara, vcs falam que somos fracassados. Não entendi sua posição. Mas, pelo menos foi educado. Vc torce pro fracasso do Galo. Mas, na vida tudo muda. O Estádio pronto, lógico, que a receita é outra. É só pensar. Instituição como o Galo, Cruzeiro e outros são imortais. Nós passamos e o clube fica. Saúde e sabedoria amigo. Finalizando o seu desejo ocorreu no Cruzeiro. Se a Pessoa jurídica Cruzeiro fosse penalizada, o que seria da raposa. Os credores estão batendo à porta. Seu feitiço não oega em Galo.