Clube demite o mesmo técnico pela segunda vez em três meses

Brescia / Twitter

Brescia / Twitter

A demissão do técnico Eugenio Corini do Brescia seria apenas mais uma tentativa desesperada de um time ameaçado pelo rebaixamento, se não fosse por um detalhe. É a segunda vez em pouco mais de três meses que ele é dispensado do clube da Serie A italiana.

O presidente Massimo Cellino já havia demitido Corini em novembro, mas decidiu chamá-lo de volta depois de seu substituto, Fabio Grosso, perder as três primeiras partidas à frente da equipe.

O Brescia chegou a divulgar uma nota em que Cellino negava que Corini estivesse ameaçado após a derrota por 2 a 1 para o Bologna, no último sábado. No entanto, o dirigente mudou de ideia, e o uruguaio Diego López já foi anunciado como novo comandante.

O time ocupa a penúltima colocação na tabela, com 15 pontos em 22 rodadas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.