Totti: “Hoje alguém como eu não ficaria na Roma”

Reprodução Twitter

Reprodução Twitter

Francesco Totti é considerado um dos maiores exemplos de fidelidade a um clube na história recente do futebol. Aposentado em 2017 após fazer toda a carreira na Roma, ele admite que nos dias de hoje sua história é mais difícil de repetir.

Em entrevista ao DAZN, Totti foi questionado sobre o que faria se fosse procurador e trabalhasse com um jogador de 25 anos como ele.

“Se jogasse na Roma? Certamente não estaria mais lá, porque aos 25 anos já teria sido comprado. Creio que seria difícil permanecer tanto tempo na Roma”, argumentou o ex-jogador.

Totti, que teve uma breve passagem pela diretoria da Roma, disse que não se enxerga como procurador, mas se vê em outra função no futebol: “Observador. Gostaria de descobrir jovens promissores”.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags: