Futebol demais é ruim para os relacionamentos, diz Klopp

Liverpool / Twitter

Liverpool / Twitter

Crítico do excesso de partidas no calendário do futebol inglês, Jürgen Klopp disse nessa sexta-feira que a quantidade de jogos na televisão faz mal aos relacionamentos.

“Quantos jogos foram transmitidos no Boxing Day (N.R.: 26 de dezembro)? Talvez alguns homens assistiram a todos ao vivo”, lembrou o técnico do Liverpool em entrevista coletiva nesta sexta-feira. “Não acho que isso seja bom para seus relacionamentos. Não é bom para o meu, e eu já vejo muito futebol”.

Klopp acusou os responsáveis pelo calendário de ignorarem as demandas físicas do jogo: “Simplesmente atiramos futebol nas pessoas. O problema é que as pessoas realmente do futebol não participam das conversas. Se precisarem de mim, posso ir até lá. É hora de pensar nos jogadores, porque sem eles não funciona”.

A vitória por 2 a 0 sobre o Sheffield United, quinta-feira, pela Premier League, foi a décima partida do Liverpool desde 4 de dezembro. O clube precisou escalar um time de garotos na Copa da Liga Inglesa porque o elenco principal estava no Catar para o Mundial de Clubes.

“Ontem os jogadores correram 13 quilômetros para vencer uma partida de Premier League. Não posso pedir que corram 11 apenas para poupar energias. É questão de qualidade, não de quantidade. Acho que alguém tem de falar pelos jogadores”, argumentou.

No domingo o Liverpool tem clássico com o Everton pela FA Cup, mas Klopp pode poupar jogadores: “Já me disseram que eu não respeitaria a copa. Não é verdade, mas meu primeiro trabalho é respeitar os jogadores. Tento decidir em função da situação, não do adversário. Nós respeitamos eles e a competição, mas não posso fazer as coisas em função do rival”.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags: