Para dar certo, Dudamel precisa de respaldo

SeleVinotinto / Twitter

SeleVinotinto / Twitter

Rafael Dudamel vai dar certo no Atlético? A pergunta não é fácil de responder.

Sua experiência em clubes é limitada, mas o trabalho à frente da Venezuela, incluindo base e seleção principal, foi importante, com resultados relevantes e mudança de patamar no cenário internacional – como prova, por exemplo, o vice-campeonato mundial sub-20.

Dudamel é muito exigente com seus jogadores e coloca o coletivo acima dos nomes, por maiores que sejam. Prova disso foi o mal-estar que levou Josef Martínez, um dos principais atacantes da Venezuela, a pedir afastamento da seleção.

Sua Venezuela era capaz de se defender com organização e agredir com velocidade. Isso levou a bons resultados contra seleções mais tradicionais. Em 2019, venceu a Argentina num amistoso em março e empatou com o Brasil na Copa América.

Para quem começou os últimos anos com nomes que estavam parados no tempo, como Oswaldo de Oliveira e Levir Culpi, a escolha por Dudamel deve ser entendida como a tentativa de tomar um rumo mais corajoso e alinhado com o futebol de hoje.

Funcionará? As chances serão maiores se houver respaldo ao trabalho, algo que não se viu no Atlético nos últimos anos, e se a torcida abraçar o projeto. Sem imediatismo e com consciência de quais devem ser os limites do elenco.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ramon Novais

Este é o problema. Fala-se muito que o elenco do galo é uma máquina de triturar treinador (e realmente é). Mas a torcida impaciente tbm tem sua parcela de culpa. Se é pra começar a esbravejar com o time com 5min de jogo melhor não ir ao estádio. Que fiquem em casa se não estiverem a fim de apoiar o time no campo.

Mauro Ivant

Ja pediu pro rick voltar

Celso Tavares

Em um clube com DNA de fracasso nenhum treinador dará certo! após perder pro time sub20 do Cruzeiro no mineiro será demitido.

Jose do carmo Pinto

Até aqui maria

Freddie Chaves

Time Sub 20 é algum sinônimo de time da segunda divisão?

Alvinho do Galo

É isso mesmo, Bertozzi. E essa Diretoria, resquício da dinastia de Alexandre Kalil, que domina o Galo há anos, não tem muita paciência. São gestores fracos, covardes e frouxos, pois gostam de “jogar pra galera”. Uma verdadeira máquina desenfreada de moer técnicos. Os diretores não têm culhões para bancar qualquer treinador que tenha resultados temporariamente ruins. Eles não entendem nada de trabalho a médio e longo prazo, espelho da maioria esmagadora dos dirigentes amadores do nosso futebol. Dudamel ainda vai chegar e nem sabe que vai caminhar em terreno de areia movediça.