Janeiro será mê$ de mercado quente

Twitter Tottenham

Twitter Tottenham

Dezembro tem sido um mês tímido em negociações no mercado brasileiro. Poucos nomes foram tratados como oficiais em seus novos clubes, mas janeiro vem aí e a tendência é de mercado quente.

A janela do meio da temporada na Europa é normalmente tratada como de ajustes e reavaliações nos elencos. No entanto, 2020 pode ser diferente.

Mourinho chegou no meio da temporada ao Tottenham; Arteta e Ancelotti estrearam hoje no Arsenal e no Everton; o Chelsea teve autorização para voltar a comprar jogadores, Manchester United tem tido problemas com contusões e, até mesmo, o Liverpool já anunciou que o japonês Minamino fará parte do elenco. Como em um efeito dominó, os grandes ingleses vão mexer com outros mercados na Europa.

Como se não bastasse a Europa, a regra para estrangeiros na China mudou de novo. É verdade que com teto salarial, mas agora cada clube poderá ter seis estrangeiros – sendo que apenas cinco relacionados para os jogos e quatro em campo.

Como o dinheiro não está sobrando no Brasil, é bem normal que clubes e empresários fiquem salientes com a possibilidade de realização de uma ou outra negociação.

Janeiro, que está logo ali, será cheio de ansiedade para os departamentos financeiros de nossos principais clubes e de muito boato em rede social e na imprensa.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.