Clube dinamarquês admite contratação de farsante

Viborg / Divulgação

Viborg / Divulgação

O Viborg FF, da Dinamarca, admitiu ter contratado um impostor holandês alegando ser um jogador profissional.

Bernio Verhagen, de 25 anos, chegou ao clube em outubro, mas foi afastado logo em seu primeiro treino, quando ficou evidente sua ausência de nível técnico.

Em nota oficial, o Viborg afirma ter sido vítima de um esquema “provavelmente envolvendo mais pessoas em diversos países”. A polícia dinamarquesa foi acionada com queixas de fraude, falsificação de documentos e roubo de identidade.

Para piorar, Verhagen foi detido, suspeito de agressão à namorada, roubo e ameaça a testemunhas. Segundo a agência Reuters, os advogados do holandês afirmam que ele alega inocência nestes casos, mas não comentaram sobre a acusação de fraude.

O Viborg alega que foi procurado em julho por agentes que falsamente diziam representar uma conceituada empresa chamada Stellar Group, alegando que Verhagen iria jogar na China em janeiro, mas precisava de um clube para jogar até lá.

O clube dinamarquês afirma ainda que não sofreu prejuízo financeiro, pois não chegou a pagar nem o impostor, nem os supostos agentes, mas que prosseguirá com a ação criminal.

Não há registros de partidas oficiais de Verhagen em clubes que constam de seu currículo, como Audax Italiano, do Chile, Dinamo-Auto, da Moldávia, e Cape Town City FC, da África do Sul.

Em seu perfil no Instagram, há uma imagem de sua chegada ao clube sul-africano.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags: