As primeiras declarações de Mourinho no Tottenham

Tottenham / Twitter

Tottenham / Twitter

José Mourinho foi anunciado como novo técnico do Tottenham nesta quarta-feira, um dia após a demissão de Mauricio Pochettino. Dono de 25 títulos na carreira, incluindo três da Premier League e dois da Champions League, o português assinou contrato até o fim da temporada 2022/23.

Ao site oficial dos Spurs, Mourinho deu suas primeiras declarações no novo cargo. Confira as principais.

PROMESSA
“O que posso prometer? Paixão, paixão verdadeira. Paixão pelo meu trabalho, mas também pelo meu clube, é assim que fui em toda a minha carreira. E quero tentar, obviamente, de tudo para trazer felicidade a todos que amam o clube”.

ELENCO
“É um privilégio quando um técnico chega a um clube e sente felicidade em relação ao elenco que terá. Não aconteceu muitas vezes. Para ser sincero, na maioria das vezes chegamos aos clubes e pensamos ‘gosto de alguns, não o suficiente’, e você imediatamente pensa o que fazer para mudar, o que fazer para aproximar suas ideias e o perfil dos jogadores. Este é um caso totalmente diferente, não são palavras do momento, não são palavras por ser técnico do Tottenham. São palavras que disse e repeti nos últimos três, quatro, cinco anos, até como adversário. Sempre falei do potencial do clube, da qualidade dos jogadores, do tabalho magnífico feito pelo clube para manter todos os bons jogadores que a maioria dos grandes clubes europeus estariam procurando. Gosto muito deste elenco. Não direi nomes. Não falarei em individualidades porque isso vai contra meu conceito do que deve ser um time. Mas gosto muito da habilidade do elenco”.

JOVENS
“Não há um técnico no mundo que não gosta de escalar jovens e ajudá-los a evoluir. O problema é que às vezes você chega a clubes e o trabalho abaixo de você não é bom o suficiente para produzir estes jogadores. Mas quando você os tem, os técnicos sempre ficam felizes em ajudar a desenvolver estes jogadores. Por isso olho para a nossa história e você vê que a base sempre dá o talento de que o time principal precisa. É claro, também estou ansioso para trabalhar com esse perfil”.

EXPERIÊNCIA COMO RIVAL
“Enfrentar o Tottenham em White Hart Lane sempre foi duro, mas maravilhoso, um dos lugares aos quais costumava ir com paixão, mas também com respeito. Bons jogadores, bom estilo de jogo, foi algo que o clube desenvolveu na última década. Então é verdade, mesmo como adversário, sempre houve respeito entre mim e o clube. Eu os encontrei em finais de copa, semifinais, grandes jogos, e ao manter esse respeito estava provavelmente no fundo da minha mente que um dia eu poderia ser um de vocês!”

ESTRUTURA
“Acho que vocês são muito humildes quando dizem ‘estádio maravilhoso’, muito humildades. Vocês têm de dizer que é o melhor estádio do mundo. Essa é a realidade. O centro de treinamentos não é inferior a nenhum outro. Provavelmente só pode ser comparado a alguns de futebol americano. Não dá para comparar ao futebol europeu em nenhum nível, e já estive na maioria dos melhores lugares. É impossível comparar, o mesmo vale para o estádio. É algo que nos deixou muito orgulhosos, mas não apenas disso, as condições que temos para trabalhar são absolutamente incríveis”.

Mourinho, que estreará neste sábado contra o West Ham, ainda gravou uma mensagem em português para a conta de Twitter do Tottenham:

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.