Em meio a protestos, jogadores do Chile decidem cancelar amistoso

La Roja / Twitter

La Roja / Twitter

Os jogadores da seleção chilena decidiram não disputar um amistoso marcado para a próxima semana, por causa da situação no país. O Chile enfrentaria o Peru na próxima terça-feira, dia 19, em Lima.

A decisão foi tomada em uma reunião do elenco na manhã desta quarta-feira. A federação chilena confirmou que os jogadores já foram liberados para retornar aos seus clubes.

A onda de protestos no Chile começou mês passado, por causa de um aumento no valor das passagens de metrô, e se transformou na maior sequência de manifestações contra o governo no país desde o restabelecimento da democracia, em 1990.

Já foram registrados pelo menos 23 mortos e 2 mil civis feridos.

O amistoso que o Chile jogaria em casa contra a Bolívia, dia 15, já havia sido cancelado. O campeonato nacional também está suspenso por tempo indeterminado.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.