Goleiro enfrenta torcedores e acaba com invasão de campo na Alemanha

Union Berlin / Twitter

Union Berlin / Twitter

O goleiro polonês Rafal Gikiewicz pode ter ajudado a evitar uma batalha campal neste sábado, no clássico entre Union Berlin e Hertha pela Bundesliga. Gikiewicz, do Union, conseguiu confrontar um grupo de invasores de campo e impediu que eles fossem na direção da torcida do Hertha.

Era o primeiro duelo entre os rivais na divisão de elite do futebol alemão. O árbitro Deniz Aytekin chegou a interromper a partida no início do segundo tempo por causa de sinalizadores atirados no campo pela torcida do Hertha. A suspensão provocou dez minutos de acréscimos.

O Union venceu por 1 a 0, graças a um pênalti convertido por Sebastian Polter aos 45 minutos do segundo tempo. Após o apito final, torcedores do Hertha voltaram a acender sinalizadores e jogá-los no gramado.

Do outro lado, torcedores mascarados do Union invadiram o campo, mas Gikiewicz foi na direção deles com os punhos erguidos, seguido por colegas de time. Os invasores, então, recuaram.

Numa cidade antes dividida, o Union representa a parte oriental e o Hertha a parte ocidental. Eles se enfrentaram pela primeira vez em 1990, ano seguinte à queda do Muro de Berlim, mas o inicial clima de amizade e união deu lugar à atual rivalidade.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.