No Halloween, veja 10 camisas de clubes que deram mais medo do que o Dia das Bruxas

Gerardo B. M. Azevedo / Acervo Pessoal

Gerardo B. M. Azevedo / Acervo Pessoal

Se você saiu pela rua hoje, certamente, se deparou com alguma roupa medonha pela celebração do Halloween, cada vez mais popular aqui no Brasil.

Mas não precisa sair do mercado do futebol para se assustar, não! Não foram poucas as camisas bizarras que vimos em campo nos últimos anos. Todas elas dignas de lojas de fantasias!

Cruzeiro 1996

Pode colocar na conta da Finta o modelito horroroso que o Cruzeiro vestiu em 1996, deixando de lado a tradicional sobriedade de seu azul celeste.

Santos 2017

Não tem nem meme para definir esse uniforme santista. Camuflaram até o bom gosto.

Botafogo 2015

Nem parece uma camisa, ficou mais para os classificados do jornal de domingo.

Flamengo 2010

Faltam adjetivos para o Flamengo na versão Tabajara.

São Paulo 2013

Vai dizer que não te lembrou filtro de qualquer aplicativo de edição de foto?

Fluminense 2001

A própria definição de escolha errada, o uniforme do Flu em 2001 parecia mais uma cápsula de vitamina C.

Sampaio Corrêa (1992)

Tudo bem que eram outros tempos no mundo da moda, mas 27 anos depois, ninguém sabe se essa camisa do Sampaio Corrêa era uniforme ou abadá.

Brasiliense (2010)

Absoluta certeza de que o pessoal do Brasiliense confeccionou essa camisa para comemorar um dia como esse, não é mesmo?

Atlético-MG 1996

A camisa é uma peça raríssima no mercado hoje. Assim como foi raro o bom gosto na hora de homenagear os títulos em épocas de vacas magras no Galo…

Ceará 1991

Psicodélico, para dizer o mínimo, o uniforme do Ceará devia causar mal-estar até nos atletas em campo. Dá vertigem, inclusive.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.